Tendências Farmacêuticas e de Biotecnologia para Ficar de Olho em 2017

0
663

Muitas empresas farmacêuticas e de biotecnologia enfrentaram dificuldades nos últimos anos. A maioria das empresas começou este ano em low-key devido a muitos estudos e pesquisas de ensaios clínicos mal sucedidos, o que resultou em muitas perdas. No entanto, os líderes farmacêuticos e biotecnológicos estão otimistas e esperançosos de que as coisas vão melhorar este ano. As tendências emergentes podem trazer resultados positivos para indústrias farmacêuticas e de biotecnologia que poderiam levar a uma melhoria na saúde para os consumidores. Abaixo está uma lista de algumas tendências farmacêuticas e de biotecnologia a serem observadas em 2017.

iStock_000002986388Small

Novos e melhores tratamentos para Alzheimer

Muitas pessoas em todo o mundo estão sofrendo de problemas de memória. De acordo com a ALZ.org, há mais de 5 milhões de americanos vivendo sozinhos com a doença de Alzheimer. Alguns pesquisadores têm se dedicado a encontrar um melhor tratamento para o transtorno. A indústria tem destinado bilhões de dólares para financiar projetos, destinados a pesquisar drogas de anticorpos feitas para ajudar na melhor retenção de memórias em pessoas de maior idade. A indústria também encontrou outra alternativa com o apoio da Annexon Bio-science, empresa com base em São Francisco. O método funcionará impedindo o sistema imunológico de remover as sinapses necessárias para o funcionamento neuronal, sustentando assim a memória.

 

Colaborações entre homem e máquinas

Esta tendência implica na coleta de dados com a ajuda de um computador. Isso dará aos médicos uma plataforma para coletar e rastrear informações, e eles também podem descobrir melhores métodos de tratamento. Eles poderão analisar os medicamentos que já estão disponíveis e comparar os custos, de modo a ajudar os pacientes a obter tratamentos de forma mais eficiente. Isso evitará a experimentação em humanos e serão os computadores que testarão as drogas. Há também sensores que ao serem colocados sobre o corpo podem medir sintomas de forma barata e sem desconforto para os pacientes.

 

Drogas mais eficientes

Uma das coisas desafiadoras na indústria farmacêutica são os gastos com tempo e recursos para o desenvolvimento de drogas e, ainda assim, não foi possível encontrar uma droga que trate completamente um problema de saúde real. Isso traz a tona à questão de medicamentos como sendo uma solução “um tamanho único para todos”, quando na realidade, cada corpo é diferente. Algumas empresas receberam financiamento para ajudar a desenvolver drogas e terapias comportamentais com novos medicamentos para ajudar as pessoas a conquistar hábitos mais saudáveis. A Chrono Therapeutics é uma das empresas que integram o tratamento de drogas pelo uso de sensores digitais na medicina.
Sterile Machine

Mais ensaios clínicos e avanços em CRISPR*

A revolucionária ferramenta de edição de genes já foi testada em seres humanos, incluindo uma tecnologia de copiar DNA para produzir um bebê com o DNA de 3 pais. Haverá mais testes em 2017 para verificar se esta tecnologia é segura. Os testes envolverão mais edições cuidadosas de genes ao em vez de modificação in vivo, o que pode ser útil devido a alterações de genes não planejadas quando se fazem modificações in vivo.
*Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas

 

Drogas por impressão 3D

A primeira droga impressa em 3D foi aprovada pela FDA dos EUA em 2015, e é usada para a epilepsia. A droga é altamente solúvel, e há uma tendência emergente que as empresas pequenas irão investir pesado em mais drogas deste tipo este ano. Estas drogas podem ser fabricadas rapidamente, o que significa que vão chegar ao mercado mais rapidamente também.

 

Estas é apenas uma pequena lista das muitas tendências que se espera observar na indústria farmacêutica e de biotecnologia em 2017.