Industrial

7 práticas pela sustentabilidade industrial

7 práticas pela sustentabilidade industrial

Por muito tempo a preocupação da indústria foi apenas suprir as demandas sociais por produtos e garantir o seu próprio crescimento, independentemente dos impactos ambientais.

No entanto, a mentalidade social mudou e, hoje, há uma preocupação latente no mercado no que se refere ao meio ambiente. Atualmente, existe uma cobrança do público e da sociedade para que as empresas se tornem sustentáveis.

Mas, diferente do que se pode pensar, a sustentabilidade industrial não beneficia exclusivamente o meio ambiente. Quando adequadamente aplicado, porém, o conceito extrapola esses limites e beneficia outras esferas.

Pensando nisso, nós preparamos este artigo para falar sobre a importância da sustentabilidade industrial e como aplicá-la na sua empresa. Acompanhe.

Qual é a importância da sustentabilidade industrial

As Revoluções Industriais causaram impactos no meio ambiente que são sentidos até hoje. Dentre eles, podemos destacar a poluição de rios e do solo, a abertura de buracos na camada de ozônio, a extinção de biomas e o aquecimento global, que, inclusive, voltou a ganhar destaque recentemente no mundo inteiro.

As principais causadoras desses agentes nocivos, são as indústrias, que continuam a emitir poluentes que contribuem para as mudanças climáticas e poluição do ar.

Diante desse cenário, em 2015, líderes de 193 países, incluindo o Brasil, criaram a Agenda 2030. Coordenada pela ONU (Organização das Nações Unidas), foi definido um plano de ação, o qual contém 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Dentre os objetivos, podemos destacar:

  • energia limpa e acessível;
  • trabalho decente e crescimento econômico;
  • consumo e produção responsável;
  • indústria, inovação e infraestrutura;
  • cidades e comunidades sustentáveis;
  • erradicação da pobreza;
  • paz, justiça e instituições eficazes.

No entanto, não é preciso esperar por ações governamentais. As indústrias podem contribuir adotando práticas simples, mas efetivas, de sustentabilidade industrial. Confira a seguir.

7 práticas pela sustentabilidade industrial

No século XXI, a sustentabilidade industrial virou tendência. Hoje, os consumidores estão mais atentos e buscam saber se os produtos que consomem são recicláveis ou se a empresa possui ações para reduzir seu impacto ao meio ambiente.

Pensando nisso, nós separamos 7 práticas de consciência ambiental que podem ser facilmente implementadas na sua indústria. Acompanhe a seguir.

Economia e reaproveitamento de água

Uma das ações mais importantes referente à sustentabilidade industrial é elaborar ações que tenham como objetivo economizar e reaproveitar a água.

Isso porque, se olharmos para o consumo mundial da água, veremos que grande parte pertence às indústrias. Então, para evitar que esse recurso se esgote, existem algumas medidas que podem ser tomadas:

  • instalação de reservatórios para captar a água da chuva;
  • reaproveitamento da água utilizada por meio de uma estação de tratamento;
  • inspeção de instalações para averiguação da existência de vazamentos;
  • troca, quando possível,  de equipamentos por modelos mais novos.

Por meio dessas ações, além de ajudar o meio ambiente, a empresa também gera uma economia significativa na conta de água

Reciclagem do lixo

Destinar corretamente os materiais recicláveis, como o plástico e o papel, é fundamental para reduzir drasticamente a emissão de poluentes responsáveis por contaminar as águas e o solo. 

Além disso, apesar de ser um valor baixo, é possível adquirir um recurso extra para o caixa da empresa

Descarte adequado de poluentes

O hábito de descartar resíduos químicos em córregos, lagos e rios ainda perdura, mas é preciso tomar algumas medidas urgentes referente a isso. 

Nesse sentido, é imprescindível que as indústrias conheçam os seus resíduos e busquem o método correto para descarte de cada um deles. 

Logística reversa

A logística reversa é um método que ganha cada vez mais espaço entre as grandes indústrias. Empresas como Boticário e Nespresso já aplicam esse modelo há alguns anos.

De forma resumida, a logística reversa atua sobre o conceito dos 3 R ‘s: reutilização, reciclagem e reparo. E dentre seus objetivos, os principais concentram-se em:

  • promover ações e campanhas para que o consumidor retorne a embalagem para a empresa, para que ele tenha uma destinação correta;
  • procurar meios de reutilizar ou reaproveitar materiais para a confecção de novas embalagens.

Desse modo, a empresa cria um ciclo de sustentabilidade industrial, economiza recursos e obtém reconhecimento social.

Investimento em energia renovável

O Brasil é um dos países no qual a energia limpa e renovável possui muito potencial, principalmente por conta do nosso clima. 

E esse tipo de energia, além de contribuir com o meio ambiente, também gera uma grande economia de recursos para as indústrias

Um exemplo de aplicação de energia renovável é a utilização das energias eólica e solar em substituição a hidrelétrica.

Educação da equipe

Além de promover as ações aqui mencionadas, é de extrema importância que a empresa conscientize seus funcionários sobre a importância de praticar a sustentabilidade industrial.

Até porque, desse modo, a instituição estará contribuindo também para uma mudança expressiva na sociedade.

Destinação adequada de equipamentos em desuso

A busca por práticas mais sustentáveis é um dever de todos por um presente e futuro com melhores condições ambientais

Por isso, além de todos os fatores mencionados, também é preciso se atentar ao descarte de equipamentos em desuso. Isso porque, quando abandonados em qualquer lugar, eles contaminam o solo e poluem o ambiente, já que demoram centenas de anos até se decompor.

Nesse sentido, caso deseje descartar um maquinário em desuso ou substituir um equipamento desatualizado, e que consuma muita energia, conte com o marketplace da Equipnet.

Categorias: Industrial

Tags: ,