Industrial

Indústria 4.0: entenda como funciona

Indústria 4.0: entenda como funciona

A Indústria 4.0 ou 4ª Revolução Industrial, como também foi nomeada, é um fenômeno que surge para transformar e melhorar os processos de produção da indústria. Utilizando para isso o auxílio de tecnologias como: automação, troca de dados e robótica

Em resumo, é a evolução da tecnologia que vem sendo implementada para aperfeiçoar o maquinário industrial, um processo que teve início com a Revolução Industrial e segue se modificando até hoje. 

Dica: O que é realidade aumentada e como é usada

O que é a Indústria 4.0?

O conceito de Indústria 4.0 é recente e foi concebido com o intuito de promover a digitalização das atividades industriais, através do uso de tecnologias que possam fornecer melhorias e aumentar a produtividade da produção. Saiba mais sobre elas e entenda como funcionam.

Principais tecnologias da Indústria 4.0

Manufatura Aditiva – 3D

A manufatura aditiva na Indústria 4.0 é utilizada na fabricação de peças a partir de um desenho digital e impressos por meio de uma impressora 3D. Alguns dos materiais que podem ser utilizados no processo são: plástico, metal, ligas metálicas, areia e cerâmica.

Inteligência Artificial – IA

Com o uso da inteligência artificial é possível automatizar diversos processos operacionais e, a partir do uso de softwares, otimizar a tomada de decisões e facilitar a resolução de problemas. 

Internet das Coisas – IoT

A Internet das Coisas na Indústria 4.0 representa a possibilidade de conectar objetos físicos por meio da internet, podendo assim, serem remotamente monitorados ou controlados. Um exemplo seria a utilização de caminhões autônomos que, ao interagirem entre si, definiriam o melhor trajeto para chegar ao destino.

Biologia Sintética – SynBio

A Biologia Sintética é a junção das áreas: química, biologia, ciência da computação e engenharia. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, elas podem ser capazes de criar enzimas, células, organismos artificiais, circuitos genéticos, auxiliando a medicina no combate a doenças que hoje são incuráveis.

Sistemas Ciber-físicos – CPS

Essencial para promover a eficiência dos processos de produção na Indústria 4.0, o CPS é responsável pela conexão entre os sistemas e a parte mecânica da fábrica. 

Por meio de informações obtidas através de softwares, é possível dar um melhor suporte à manutenção preventiva, enviar alertas, compor relatórios e automatizar os processos.

Dica: Comprar e vender equipamentos industriais usados? Saiba como

Agenda brasileira para a Indústria 4.0

Em 2017, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) instituiu o Grupo de Trabalho para a Indústria 4.0 (GTI 4.0), formado por mais de 50 instituições com o objetivo comum de elaborar uma agenda nacional para discutir o tema. 

A partir desse encontro, foi criada a Jornada da Indústria para o 4.0 que foi estruturada em etapas, segundo o grau de maturidade ou necessidade de cada empresa. 

Dividida em 10 etapas, a jornada pretende:

  • difundir os conceitos da Indústria 4.0 e suas aplicações;
  • definir quem são os parceiros tecnológicos e de negócios e como eles podem contribuir; Analisar o impacto que será causado no mercado de trabalho e criar medidas de incentivo a educação e recolocação profissional;
  • investir em soluções 4.0 que aumentem a eficiência, a produtividade e a competitividade das empresas;
  • criar alianças estratégicas com empresas do mercado interno e externo e conseguir reduzir os custos de importação de tecnologia.

Se quiser saber mais detalhes sobre a agenda brasileira para a Indústria 4.0, acesse o site.

Impactos

Segundo levantamento da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria para o conceito 4.0, será de no mínimo R$ 73 bilhões/ano.

Dentro dessa economia, estão incluídos a redução no custo de manutenção de máquinas, no consumo de energia e ganhos de eficiência, fatores de extrema importância para o setor industrial. 

Dica: Conheça as tendências da indústria em 2021

A implantação da Indústria 4.0 gera grande impacto na economia do país. Segundo dados da Accenture, estima-se que a implementação de tecnologias ligadas à Internet das Coisas deverá impactar o PIB brasileiro em aproximadamente US$ 39 bilhões até 2030.

Desafios

O desenvolvimento da Indústria 4.0 no Brasil envolve desafios que vão desde os valores de investimentos requisitados para a implementação de equipamentos que sejam compatíveis com essas tecnologias à adaptação de processos, recolocação profissional e desenvolvimento de novas capacidades, custos dos impostos e baixa competitividade no setor de manufatura. 

Dica: Cobots: os benefícios de robôs colaborativos para a produção

Conclusão

No processo de transformação e adequação à Indústria 4.0, além de investir na aquisição de novos equipamentos e softwares, há a necessidade de cuidar das máquinas que serão desativadas

E para evitar a perda de dinheiro com descarte ou armazenamento, vender o maquinário e utilizar deste dinheiro para fazer os investimentos necessários é a melhor escolha. 

A Equipnet é uma empresa norte-americana com presença global e escritório no Brasil, que há mais de duas décadas é líder mundial na gestão de equipamentos usados.

Nosso marketplace possui uma divisão por categorias como tipo de equipamentos, indústria e região, facilitando a missão de encontrar o comprador ideal. Acesse o site agora e saiba mais.

Categorias: Industrial